XXV – Os s’s do Livro do Desassossego…

 

“Os sentimentos que mais doem, as emoções que mais pungem,
são os que são absurdos – a ânsia de coisas impossíveis,
precisamente porque são impossíveis, a saudade do que nunca houve,
o desejo do que poderia ter sido, a mágoa de não ser outro,
a insatisfação da existência do mundo.
Todos estes meios tons da inconsciência da alma
criam em nós uma paisagem dolorida, um eterno sol-pôr do que somos…
O sentirmo-nos é então um campo deserto a escurecer,
triste de juncos ao pé de um rio sem barcos, negrejando claramente entre margens afastadas.”

 

 

(Livro do Desassossego: Composto por Bernardo Soares,
ajudante de guarda-livros na cidade de Lisboa / Fernando Pessoa)
Advertisements

About this entry